LOADING...
engajamento de e-mail marketing
31 jan

Como engajar uma base de leads antiga

Durante os anos, é comum criar uma grande base de leads e com o passar do tempo muitos destes leads acabam ficando esquecidos, ou por deixar de interagir com os conteúdos, ou mesmo por falta de trabalho pela marca.

Veja algumas dicas para recuperar estes leads e tornando sua marca relevante novamente e criando novas oportunidades de convertê-los.

Limpe sua base de leads

Comece analisando e filtrando estes leads para entender quais podem, de fato, serem recuperados. Na base antiga não é incomum encontrar e-mails desativados ou mesmo e-mails que foram registrados incorretamente.

Identifique estes e-mails com a ajuda de ferramentas de automação de marketing e despolua sua base.

Analise o histórico da interação com os leads

Cheque o histórico de suas campanhas anteriores e confira como os leads antigos interagiram com elas, como eles chegaram à sua base e em que momento eles deixaram de interagir – ou sua marca deixou de oferecer conteúdos e materiais a eles.

Dessa forma você terá um ponto de partida para reiniciar o engajamento com os leads, porém é importante compreender que o tempo pode ter mudado os interesses destas pessoas e quaisquer material construído deve oferecer algo mais do que havia sido proposto anteriormente, reacendendo o interesse e a interação do cliente com a marca.

Desenvolvendo o e-mail de recuperação

Depois de limpar a base e compreender mais sobre os leads antigos, é hora de criar os e-mails de recuperação, desenhados para reconquistar os leads esquecidos.

É preciso ter muito cuidado na hora de construir estes e-mails, começando pelo assunto, que deve ser desenvolvido com gatilhos mentais e variáveis que apelam ao interesse imediato do lead.

Um exemplo seria “Lead, você já resgatou seu prêmio?”. Este título desperta o interesse do público, mas para evitar que ele seja reconhecido como um SPAM e descartado imediatamente, é importante que o remetente não desperte suspeitas.

Assim, é indicado utilizar um remetente com nome e sobrenome, alguém palpável, que pode ser um diretor da empresa, por exemplo. Dessa forma o lead reconhece uma pessoa e não uma empresa. Um indivíduo, e não uma robô, está enviando o e-mail, o que no senso comum diminui as chances de ser um SPAM.

Conteúdo dos e-mails

Conseguir que o lead abra o e-mail é uma vitória, mas que não vale nada se o conteúdo não for interessante o suficiente para manter a atenção e despertar o engajamento. Uma boa dica para o primeiro e-mail é tentar conquistar novas informações sobre o lead, que informarão os disparos futuros para ele.

Pode ser uma pesquisa de satisfação em uma landing page, que ofereça algum tipo de prêmio (seja conteúdo, desconto, ou qualquer outro que possa interessar ao lead) em troca do preenchimento do questionário – que deve ser simples e breve para não afastar o lead.

Da mesma forma, uma pesquisa perguntando os tipos de conteúdos que interessam ao lead e também uma simples atualização cadastral, quando há a confiança de que o lead ainda verá utilidade em manter um contato com a marca.

Seu conteúdo pode seguir uma estrutura textual simples com uma saudação, seguida de uma apresentação, a proposta e um Call to Action (CTA) levando para a landing page. Tente evitar apresentações genéricas em primeira pessoa do plural como “Nós da empresa X” por exemplo.

Desenvolva anúncios específicos para os leads antigos

Ferramentas como o Google Adwords e o Facebook Ads, permitem criar anúncios que são apresentados apenas a uma lista de e-mails específicas e você pode utilizar este recurso para atingir sua base antiga de e-mails de forma mais veemente.

Desenvolva anúncios gráficos para estas situações, apelando para a retomada do relacionamento entre marca e leads, mantendo a proposta de oferecer algo em troca do engajamento, porém aproveitando o recurso visual para despertar o interesse e fazer call to action mais destacados.

Mantendo uma base de leads forte

Reconquistar leads antigos é uma boa forma de recuperar o relacionamento com o público e gerar novos resultados, porém melhor que isso é manter um bom relacionamento e um controle maior sobre a base desde a conquista inicial dos leads.

Para isso, é importante contar com bons softwares de automação de marketing e uma equipe de profissionais atentos e dedicados a impedir o afastamento e o esquecimento dos leads, buscando utilizar o potencial máximo de sua base de leads desde o início.

Ao trabalhar com e-mails marketing e as diferentes estratégias Inbound na busca pela geração, trato e conversão dos leads em clientes, busque o auxílio de uma empresa de comunicação integrada como a Trama Digital.

A Trama conta com uma equipe de especialistas em Inbound, prontas para desenvolver e aplicar estratégias para a nutrição e conversão de leads, buscando sempre alternativas para manter o público engajado e gerar resultados consistentes para seu negócio. Veja nossas soluções em marketing digital e entre em contato com a Trama para impulsionar os resultados de seu negócio!

 

Leave A Comment